Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Imigração ilegal para Macau baixou 30%
Terça, 28/08/2018
O número de pessoas que entrou ilegalmente em Macau no primeiro semestre baixou 29,9 por cento. Foram interceptadas 429 imigrantes ilegais, a maior parte (336) do interior da China. Outros 84 eram vietnamitas e outros nove de outras nacionalidades. Quase 14 mil pessoas foram detectadas em situação de excesso de permanência.

O secretário para a Segurança justificou os números, apontando os “bons resultados” do mecanismo de prevenção e combate à migração clandestina, criado em 2015.
Nos primeiros seis meses foram registados 57 cabecilhas, mais 54 por cento do que os 37 registados em igual período de 2017.

Wong Sio Chak apontou, por outro lado, que os valores cobrados pelos traficantes para facilitar a entrada ilegal em Macau têm vindo a subir.

“Antes eram duas ou três mil patacas, mas agora já subiu para 15 mil ou 20 mil patacas. Isso significa que há uma grande procura de imigração ilegal para Macau e que o nosso combate tem sido eficaz”, afirmou.

Fátima Valente