Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Sufrágio directo manchado por corrupção, diz Neto Valente
Sábado, 31/03/2012

Em Macau “há uma cultura preponderante que não aponta para o sufrágio directo. Há uma cultura de poder, uma cultura de subservivência, de estabilidade, que receia o sufrágio directo”, disse Jorge Neto Valente no segundo debate sobre a reforma política promovido pelos canais portugueses da TDM.

 

“Em Macau criou-se a ideia de que só há democracia se houver sufrágio directo. Acho que não”, adiantou Neto Valente no debate. Para o advogado, o sufrágio directo em Macau tem sido marcado por casos de corrupção. “Não há pessoas mais honestas ou menos honestas. As pessoas são honestas ou não. O sufrágio directo tem sido sempre manchado pela corrupção. Tem havido sempre influência ilegítima na tomada da posição das pessoas que levam a fenómenos de corrupção eleitoral. Ou pagamento em dinheiro ou pagamento em influência ou pagamento em outra coisa qualquer”.

 

O sufrágio directo não é o mais importante, considera o advogado, para quem o regime político de Macau “nunca permitirá que o Chefe do Executivo dependa das estruturas locais. Não é isso que está consagrado na Lei Básica”.

 

Neto Valente reconhece que em Hong Kong há maior representatividade no sufrágio indirecto e defende o mesmo sistema para Macau. O advogado mostra-se também contrário ao aumento de 11 para 22 votantes por associação, pois “haverá muitos votos desperdiçados, já que muitas associações não têm tantas pessoas nos órgãos sociais. Não é como a Associação Comercial que tem mais de 20 vice-presidentes.”

 

Neto Valente recorda que “o sector industrial encolheu, enquanto que o sector profissional aumentou claramente. Alargamento como em Hong Kong era aumentar a representatividade e os representantes seriam escolhidos nos sectores”.

 

O debate sobre a reforma política, emitido ao meio-dia, pode ser ouvido na página da Rádio Macau na Internet, ou na segunda-feira às 10,30 horas.