Em destaque

21 de Setembro 2018: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.5540 patacas e 1.1783 dólares norte-americanos.

Paula Carion: Macau apelou a aprovação especial
Quinta, 16/08/2018
O Instituto de Desporto (ID) diz que foram feitos esforços para tentar que Paula Carion fosse aos 18º Jogos Asiáticos, que começam este fim-de-semana na Indónesia. Paula Carion não participar nos Jogos Asiáticos devido às mudanças de regulamentos relativos à nacionalidade dos atletas. As novas regras passam a exigir, aos participantes, passaporte da jurisdição que representam e Paula Carion possui um passaporte português.

Em resposta à TDM-Rádio Macau, o ID adianta que o Comité Olímpico e Desportivo de Macau (CODM) tentou inverter a situação: “o CODM, China envidou esforços contínuos para comunicar e explicar os antecedentes históricos e especiais de Macau, esperando que pudessem aceitar essas razões, como tem acontecido nas edições anteriores, e ter assim a aprovação especial dos nossos atletas”.

Porém, lê-se na resposta enviada à Rádio, a resposta final do Comité Organizador e do Conselho Olímpico da Ásia, indicava “que executarão estritamente com base na nacionalidade do passaporte”. O ID acrescenta que a decisão vai ser respeitada.

“Entre a nossa delegação, todos os nossos atletas estão qualificados para solicitar o passaporte da RAEM de Macau. Como tal, alguns dos nossos atletas afectados compreenderam a situação e agiram prontamente, solicitando os passaportes da RAEM, no entanto, houve também atletas individuais que tomaram a sua própria base de decisão por motivos pessoais e entenderam não solicitar o passaporte da RAEM de Macau”, acrescenta ainda o Instituto de Desporto nesta resposta à Rádio dizendo que lamenta a situação, mas que respeita “a decisão pessoal”.

Marta Melo