Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Casinos: Interdição alargada a funcionários de “junkets”
Segunda, 13/08/2018
Os trabalhadores das concessionárias e dos promotores de Jogo vão ser impedidos de entrar nos casinos fora do horário de trabalho, de acordo com a intenção manifestada hoje pelo Governo numa reunião de análise à revisão da lei sobre o condicionamento da entrada nos espaços de jogo.

Num encontro com os deputados da 1ª Comissão Permanente da Assembleia Legislativa, o Executivo disse que ficam de fora da interdição os funcionários de empresas que prestam serviço para os operadores, mesmo que tenham funções idênticas aos trabalhadores das concessionarias, que passam a não poder entrar.

De acordo com o presidente da Comissão, o deputado Ho Ion Sang, “o Governo disse-nos que vai levar em plena consideração a inclusão dos trabalhadores dos mediadores no âmbito de interdição de entrada nos casinos. O Governo disse que existem problemas de alargar o âmbito desta interdição a trabalhadores das adjudicatárias, porque a mobilidade destes trabalhadores é muita. O Governo não levou em consideração incluir estes trabalhadores na interdição”.

Na reunião foram também discutidas situações de excepção que permitem a entrada de quem está impedido e os organismos públicos que podem ter acesso ao interior dos casinos.

Hugo Pinto com José Costa Santos (Canal Macau)