Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Empréstimos às PME diminuíram 16,1 por cento até Junho
Segunda, 13/08/2018
O novo limite do crédito aprovado às Pequenas e Médias Empresas (PME) pelos bancos de Macau caiu 16,1 por cento em termos anuais no primeiro semestre, atingindo um total de 10,6 mil milhões de patacas, indicam dados da Autoridade Monetária.

Na comparação com o último semestre de 2017, a queda foi de 18,4 por cento.

No final de Junho, o balanço utilizado do total dos empréstimos concedidos às PME atingiu 81,9 mil milhões, um acréscimo anual de 12,6 por cento e de 5,7 por cento relativamente ao final de 2017.

Segundo a Autoridade Monetária, em comparação com o segundo semestre do ano passado, o sector dos “restaurantes, hotéis e similares” foi o que registou um maior aumento dos empréstimos – 64,1 por cento.

Já os empréstimos em dívida não pagas pelas PME aumentaram 10,8 por cento nos últimos seis meses para 578,5 milhões, uma subida anual de 12,5 por cento.

Hugo Pinto