Em destaque

21 de Setembro 2018: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.5540 patacas e 1.1783 dólares norte-americanos.

Substâncias perigosas: Sulu Sou entregou carta a Chui Sai On
Sexta, 10/08/2018
Sulu Sou entregou uma carta ao Chefe do Executivo para reconsiderar a localização prevista para construir o armazém e depósito para tratar as substâncias perigosas. O deputado entregou a carta no final da sessão de perguntas e respostas na Assembleia Legislativa.

Em declarações à TDM- Rádio Macau, Sulu Sou disse ter expressado as preocupações dos moradores da zona de Seac Pai Van na carta para Chui Sai On.

“Recebi algumas opinões dos residentes de Coloane sobre o armazém e depósito provisórios para tratar as substâncias perigosas e expliquei a Chui Sai On as opiniões dos moradores. Primeiro, eles querem que o Governo reconsidere a localização e retire as duas localizações previstas para Coloane. E depois querem um plano para um local permanente para estas substâncias perigosas numa melhor localização”, afirmou.

Sulu Sou considera que a construção deste tipo de instalação para tratar as “substâncias sujas” é “tema difícil para muitas cidades, não só para Macau”.

Também reconhece que não consegue apontar, nesta fase, uma melhor localização em Macau para construir este tipo de infra-estrutura. Mas sublinha que o objectivo da carta é, além de impedir o projecto actual, é encetar um diálogo com o Governo, de forma a discutir um plano a longo prazo.

“Não é um caso isolado, temos de ver a situação toda. Já no mês passado, a localização inicialmente avançada para o crematório na taipa teve a oposição dos residentes. Não é um caso único. Se o Governo não tiver um plano urbanístico para estas instalações, vai haver novos conflitos.”

Na sessão de perguntas e respostas com os deputados, Chui Sai On anunciou que o Governo pretende construir um armazém de produtos perigosos na ilha artificial que serve o acesso à ponte que liga Macau, Hong Kong e Zhuhai.

Segundo Chui Sai On, mantém-se o plano de construir dois armazéns provisórios para materiais perigosos em Coloane.
No próximo domingo vai haver uma concentração contra o projecto em Seac Pai Van. Sulu Sou diz que vai marcar presença para apoiar os moradores.

Fátima Valente