Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Lei do metro alvo de revisão antes de chegar aos deputados
Quinta, 09/08/2018
A proposta de lei sobre o sistema de transporte do metro ligeiro vai ser revista antes de ser entregue aos deputados, depois de o projecto ter sido discutido pelo Conselho Executivo. O ponto de situação foi feito, esta tarde, pelo Chefe do Executivo, Chui Sai On, na Assembleia Legislativa.

A matéria esteve em consulta pública no ano passado.
Chui Sai On disse hoje que a intenção do Governo é entregar uma proposta de lei o mais rapidamente possível, com a garantia de que será antes da entrada em funcionamento do sistema de transporte, prevista para 2019.

Na reacção, o deputado Chui Sai Peng mostrou-se agradado por ouvir essa garantia de Chui Sai On, até porque, diz, já não resta muito tempo: “Estamos ansiosos por que a lei chegue. O tempo está limitado. Esperamos que o metro comece a funcionar em 2019. Na verdade, é urgente ter a lei pronta para que o sistema de metro ligeiro esteja numa posição de, verdadeiramente, operar e servir o público, porque se se opera um sistema sem legislação, e se algo acontece, vai ser muito difícil de lidar com a questão. Esperamos que a lei chegue aos deputados no final das férias legislativas. Ainda temos algum tempo. Não muito, mas podemos lidar com isso”.

Sobre o metro ligeiro, Chui Sai On disse ainda que o Governo mantém a intenção de que o sistema de transporte cubra grande parte da península de Macau, fazendo referência a uma ligação entre a Barra e o Terminal Marítimo do Porto Exterior.

Sónia Nunes com Hugo Pinto