Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Wynn Macau já recebeu relatório sobre fundador da empresa
Quinta, 09/08/2018
A Wynn Macau recebeu no dia 3 de Agosto o relatório final sobre a investigação a Steve Wynn nos Estados Unidos. Em causa estão as alegações sobre as condutas impróprias do fundador da Wynn Resorts. A confirmação foi avançada em comunicado à bolsa de Hong Kong pela companhia.

A Wynn Macau encontra-se agora “a cooperar” com a Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos, que está a analisar o caso. É o que se pode ler no comunicado da companhia em que também foram apresentados os resultados do segundo trimestre do ano.

A empresa refere também que devido à investigação ainda estar a recorrer “não vão ser feitos mais comentários sobre o relatório apresentado pelo comité especial da Wynn”, que foi formado especialmente para averiguar as alegações contra o fundador da empresa nos Estados Unidos.

O comité foi constituído em Janeiro, pouco tempo depois das primeiras queixas de funcionários da empresa, que alegam condutas impróprias de Steve Wynn, como assédio sexual. Wynn demitiu-se em Fevereiro, apesar de desde o início ter negado todas as alegações.

As queixas surgiram sempre nos Estados Unidos. Em Macau não há registo de condutas semelhantes na empresa.

João Picanço