Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

IACM reitera que galgos recebem “devidos cuidados”
Terça, 07/08/2018
O Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM) voltou hoje a defender que os galgos do canídromo estão a receber os “devidos cuidados”.

O organismo responde assim a notícias dando conta de preocupações com o estado de saúde dos animais e das más condições do canídromo.

Em comunicado, o IACM garante que, “com a ajuda da Anima – Sociedade Protectora dos Animais, dedica, de forma constante, os cuidados adequados aos galgos no canídromo”, com os veterinários destacados no local a prestar “tratamento médico aos cães com necessidades”.

Ao mesmo tempo, lê-se na nota, o IACM também “optimizou as instalações do canídromo e continua a melhorar as condições higiénicas, para que os galgos tenham um ambiente mais adequado”, incluindo equipamentos de ventilação e ar concionado.

O comunicado recorda que foram detectados sintomas de doenças em alguns dos animais, “principalmente relacionadas com lesões anteriores”. Nesse sentido, “mais de 40 galgos estão sujeitos ao tratamento dos veterinários e alguns deles estão a recuperar”.

Na rede social Facebook, o deputado Sulu Sou revelou ontem que voluntários ligados a associações protectoras dos animais lhe denunciaram a situação de cães com feridas e hemorragias.

O deputado também manifestou preocupações quanto ao processo de esterilização dos galgos, uma das condições para que possam ser adoptados.

O IACM recorda ainda que a empresa Yat Yuen não tem que castrar todos os 533 animais nos 60 dias em que foi prorrogado o prazo para o realojamento dos galgos.

Hugo Pinto