Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Lei do tabaco: Mais de 208 mil inspecções
Terça, 07/08/2018
Entre Janeiro e Julho, foram realizadas 208.373 inspecções a estabelecimentos, o que perfaz uma média diária de 983 inspecções, segundo os Serviços de Saúde.

Nos primeiros sete meses do ano, foram registadas 3196 acusações. Destas, 3185 são referentes a fumadores ilegais, sete casos dizem respeito a ilegalidades nos rótulos dos produtos de tabaco e quatro são relativos a venda de produtos de tabaco em prateleiras visíveis ao público.

O número de acusações a fumadores ilegais, comparado com o período homólogo anterior, reduziu em 1309 pessoas, ou seja, 29,1 por cento.

Relativamente ao pagamento das multas, 2645 pessoas (82,8 por cento) efectuaram o pagamento.

Quanto aos casinos, desde o dia 1 de Janeiro até ao dia 31 de Julho, foram realizadas, em conjunto pelos Serviços de Saúde e pela Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos, 512 inspecções. Foram alvo de acusação 964 indivíduos que fumavam em locais proibidos, tendo-se registado um aumento de 111,4 por cento quando comparado com o período homólogo do ano passado.

No mesmo comunicado, os Serviços de Saúde notam ainda que, em Julho, foram assinalados 140 locais com maior incidência de infracções (nomeadamente a paragem do Jardim Cidade das Flores, o Casino City of Dreams, Estabelecimento de Kun Cheóng San Sun Fat- Guangdong Hot Pot). Nestes locais foram realizadas 500 inspecções e foram emitidas 132 acusações.

Marta Melo