Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Cerca de 40 galgos do canídromo recebem tratamento
Segunda, 06/08/2018
Cerca de 40 galgos do canídromo estão a receber tratamento veterinário, de acordo com o Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM), que, no entanto, afirma que a saúde geral dos mais de 500 cães é considerada “normal”.

Em comunicado, o organismo adianta ainda que estão a decorrer os trabalhos de esterilização dos animais.

Segundo as informações agora divulgadas, são 12 os galgos que já foram esterilizados. As cirurgias decorreram entre 3 e 4 de Agosto e o IACM diz que os cães apresentam “bom estado de recuperação”.

A esterilização dos galgos por parte da empresa Yat Yuen é uma das condições para que possam ser adoptados, mas o IACM explica que “não é exigido” à Companhia de Corridas de Galgos levar a cabo a esterilização de todos os cães no prazo de 60 dias, ou seja, o prazo prorrogado para a empresa reclamar os animais.

O IACM adianta que os médicos veterinários do organismo “continuam a proceder a exames aos galgos” e que, “nos últimos dias, verificaram que alguns estavam com doença periodontal, trauma de pele, artrite e outros sintomas”.

Assim, “cerca de 40 galgos estão a receber tratamento veterinário, por causas que têm a ver, principalmente, com feridas antigas, gestão e ambiente da criação”.

Todavia, “em geral”, acrescenta o comunicado, “a situação da saúde dos galgos no canídromo foi considerada normal e o ambiente de criação do local corresponde às normas previstas na Lei de Protecção dos Animais”.

Desde o dia 20 de Julho, quando terminou o contrato de concessão de corridas de galgos, que o tratamento dos galgos do canídromo está ao cuidado do IACM.

O organismo nota que, “com a ajuda da Anima”, esse trabalho “decorre bem”.

Hugo Pinto