Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Centro de galgos com gastos estimados em 25 milhões ao ano
Sexta, 27/07/2018
Angela Leong e a Yat Yuen comprometem-se a assumir todas as despesas do futuro Centro Internacional de Realojamento de Galgos. O espaço será gerido em conjunto com a Anima – Sociedade Protectora dos Animais, com o presidente, Albano Martins, a estimar que os gastos cheguem a 25 milhões de patacas ao ano.

O centro ficará a cargo de uma associação que, excluindo o arrendamento do edifício e outros gastos, terá um orçamento anual entre 13,5 milhões e 15 milhões de patacas, de acordo com Albano Martins.

Angela Leong vai também criar um Fundo de Protecção para os Galgos, com capital para assegurar três anos de gestão do centro.

Ao abrigo do acordo assinado hoje, a Anima compromete-se a pedir escusa da gestão do centro ao final de dois anos.
Albano Martins garante, no entanto, que o Centro vai continuar a funcionar e a dar abrigo a animais, mesmo depois de todos os galgos do Canídromo serem adoptados.

“Este acordo não tem um limite temporal. Não é para acabar amanhã. Não é para acabar daqui a um ano. É para continuar”, assegurou Albano Martins, ao indicar que há intenção de resgatar e acolher animais abandonados ou em risco na China.

Sónia Nunes