Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Baixou a taxa de bebés com menos de um ano amamentados
Sábado, 28/07/2018
A percentagem de bebés com menos de um ano que consumiram leite materno diminuiu em 2017 relativamente ao ano anterior, mostram dados dos Serviços de Saúde avançados à TDM – Rádio Macau.

Segundo as estatísticas, a taxa permaneceu elevada no ano passado – acima de 90 por cento —, mas ligeiramente inferior à de 2016.

Os dados recolhidos nos Centros de Saúde e no Hospital Kiang Wu indicam que, em 2017, entre os 6244 bebés nascidos em Macau, 5711 tinham sido amamentados, número que corresponde a uma percentagem de 91,46 por cento.

Em 2016, entre os 6315 bebés nascidos 5839 tinham sido amamentados, ou seja, 92,46 por cento.

Os números dos últimos dois anos representam um crescimento face a 2015, quando apenas 88,42 por cento dos 5771 bebés, ou 5103, tinham sido amamentados.

De acordo com os Serviços de Saúde, entre 2015 e 2017 aumentou a percentagem de amamentação exclusiva de bebés até aos 4 meses de idade: 12,16 por cento, 21,17 por cento, e 21,25 por cento, respectivamente.

Já no caso dos bebés até aos seis meses de idade, período no qual a Organização Mundial de Saúde defende que as crianças devem ser amamentadas em exclusivo, a percentagem foi de 14,6 por cento em 2016 e 14,48 por cento em 2017.

Nestes dados avançados à TDM – Rádio Macau, os Serviços de Saúde afirmam que, até ao final de Maio, existiam 118 salas de amamentação instaladas em organismos sob a tutela do secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, entre as quais 97 abertas ao público.

Em 2016, os Serviços de Saúde estabeleceram “directrizes padrão de equipamentos e gestão das salas de amamentação, que servem de referência para os serviços públicos”.

Na recente proposta de alteração à lei laboral, o Governo avança com mais 14 dias de licença de maternidade, não remunerados, a juntar aos actuais 56 dias remunerados. O assunto recolheu concordância generalizada numa consulta pública recente.

Hoje, às 14h30, realiza-se no Pavilhão Polidesportivo do Tap Seac a cerimónia de entrega de louvores no âmbito da Semana Internacional de Aleitamento Materno 2018.

Nota: Um dia depois de esta notícia ter sido publicada, os Serviços de Saúde anunciaram dados que contradizem parcialmente os que tinham sido avançados à TDM – Rádio Macau pelos mesmos serviços há cerca de um mês, no passado dia 25 de Junho. Os novos dados, aqui citados tal como aparecem escritos na versão em português do comunicado dos Serviços de Saúde, são os seguintes: “A taxa de amamentação de bebés nascidos em 2017 foi de 92,57%, em comparação com 92,46% em 2016, registou um ligeiro aumento de 0,11%, 17,25% dos lactentes alimentados com leite materno puro por seis meses ou mais, 2,66% um valor superior ao registado em 2016 que foi de 14,6%; 19,0% dos bebés nascidos em 2016 continuam a ser amamentados até 1 ano ou mais com alimentos adicionais, 1,58% dos bebé são amamentados até aos 2 anos ou mais idade, sendo estes resultados positivos”.

Hugo Pinto