Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Vacinas: Serviços de Saúde garantem stock até 2020
Quarta, 25/07/2018
Os Serviços de Saúde garantem que o stock de vacinas em Macau é mais do que suficiente para as necessidades actuais. É uma reacção às investigações em curso, na China, à qualidade das vacinas produzidas por uma empresa farmacêutica suspeita de ter alterado dados sobre a fabricação e controlo de qualidade.

Num comunicado, esta noite, os Serviços de Saúde respondem a um eventual receio de que o caso conduza a uma corrida às vacinas infantis por parte de famílias da China continental, provocando, eventualmente, insuficiências de stock em Macau. Os Serviços de Saúde procuram “acalmar a população”, garantindo que "já adquiriram as vacinas necessárias até 2020”.

O texto acrescenta que “são raros os casos de aquisição de vacinas por não residentes”. De resto, todas as crianças registadas nos Serviços de Saúde, ou nos postos de vacinação do Hospital Kiang Wu, “estão vacinadas” e, mesmo que houvesse um eventual aumento de vacinação de residentes do Interior da China, “não teria qualquer impacto no fornecimento de vacinas para a população da RAEM”.

O comunicado explica ainda que os serviços todos os anos fazem uma estimativa da quantidade de vacinas necessárias para o ano seguinte, “de acordo com os dados de população incluindo o número de nascimentos” e que, em caso de insuficiência, “o Governo de Macau tem prioridade para receber as vacinas adquiridas ao fornecedor”.

Carlos Picassinos