Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Pearl Horizon: Governo diz que lesados concordam com diálogo
Quarta, 25/07/2018
A secretária para a Administração e Justiça, Sónia Chan, esteve ontem reunida com alguns compradores de fracções do Pearl Horizon, o edifício que nunca chegou a ser concluído, por se ter declarado antes a caducidade do contrato de concessão do terreno. Num comunicado, o Governo refere que o Executivo e os lesados presentes no encontro são a favor da via do diálogo para a resolução do problema.

De acordo com a nota do gabinete da secretária, emitida na última noite, Sónia Chan e representantes de diversos serviços da Administração encontraram-se esta quarta-feira com vários compradores de fracções no empreendimento Pearl Horizon – uma reunião concretizada através de um grupo de acompanhamento da questão composto pelos deputados Chan Hong, Ho Ion Sang, Si Ka Lon, Ella Lei e Song Pek Kei.

O gabinete de Sónia Chan salienta também que os lesados presentes na reunião “apoiaram a proposta do Governo de disponibilizar algumas das fracções de alojamento temporário para serem adquiridas pelos compradores” e mostraram-se interessados em saber mais sobre essas fracções de alojamento temporário. Nesta reunião, refere o Governo, os compradores terão também pedido ao Executivo para continuar a exortar a empresa Polytex a pagar indemnizações, bem como a devolver de uma só vez o montante entregue pelos compradores das fracções autónomas do edifício em construção, “sem qualquer condição adicional”.

A secretária promete que o Governo vai estudar as opiniões transmitidas pelos lesados e pelo grupo de acompanhamento.

No último fim-de-semana um grupo que representa um conjunto de lesados do Pearl Horizon adiantou que muitos dos compradores afectados planeiam avançar com uma acção em tribunal para pedir indemnizações ao Governo.

Sofia Jesus