Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

DSAL promete ajudar trabalhadores do Canídromo
Sexta, 06/07/2018
A Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais garante estar a acompanhar a situação dos trabalhadores do Canídromo e compromete-se a ajudar os funcionários a encontrar emprego, após o fecho das corridas de galgos.

O Canídromo encerra já no dia 21, sem que o futuro dos
trabalhadores esteja decidido.

A DSAL já recebeu pedidos de ajuda de algum pessoal, como os funcionários das bilheteiras do Canídromo, de acordo com Wong Chi Ho, citado hoje pela Ou Mun Tin Toi.

O director dos Serviços Laborais disse estar a acompanhar a situação em conjunto com a Companhia de Galgos de Macau: vai ser convocada uma reunião para informar os trabalhadores sobre o termo dos contratos e os direitos previstos.

Wong Chi Hon garantiu ainda que vai ajudar os trabalhadores a encontrar novo emprego ou a frequentar acções de formação.

Já Angela Leong, directora executiva da empresa, disse apenas que os funcionários podem continuar a trabalhar até ao fecho do Canídromo.

A empresa tem até terça-feira para apresentar um plano sobre o realojamento dos galgos ao Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais. Sem adiantar detalhes, Angela Leong indicou apenas que esperar chegar a uma solução com o Governo.


Sónia Nunes com Joaquina Ng