Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

FSM: Escola Superior vai estender-se à prisão de Coloane
Quarta, 04/07/2018
As actuais instalações do Estabelecimento Prisional de Macau vão ser utilizadas pela Escola Superior das Forças de Segurança. O plano de expansão previsto para o estabelecimento de formação da polícia e bombeiros, que esta quarta-feira completou 30 anos, prevê usar as instalações da prisão para salas de aula.

O director da instituição, Hoi Sio Iong confirmou a intenção durante as comemorações: “O novo estabelecimento prisional está, como sabem, a ser construído. No futuro, podemos utilizar as actuais instalações da prisão, como parte do nosso projecto”.

O director confirmou também o desejo de abrir um curso de mestrado na Escola já no próximo ano lectivo. O curso promete “oferecer uma maior capacidade às forças de segurança para lidar com os novos crimes”. O número de vagas “vai variar entre as dez e as 20”. Mas ainda antes de anunciar as datas do curso, há mudanças internas que precisam de ser feitas.

“Precisamos de rever a estrutura orgânica da escola antes de abrirmos inscrições”, referiu Hoi Sio Iong.
A vontade de abrir o mestrado no próximo ano lectivo, em Setembro, foi também expressada pelo secretário para a Segurança, Wong Sio Chak: “Espero que sim, que esteja tudo pronto para o curso avançar já no próximo ano lectivo”.

Se as mudanças orgânicas na escola não forem feitas a tempo das inscrições, a abertura do curso vai ter de ser adiada.

No final da conferência de imprensa, o secretário Wong Sio Chak foi questionado sobre outros assuntos relativos à pasta que tutela. O Governante disse que a Consulta Pública do Regime Jurídico de Intercepções e Protecção de Comunicações vai acontecer entre o terceiro e o quarto trimestres deste ano. No final de 2018 ou início de 2019 vai também haver uma decisão final sobre a lei relativa à defesa da Segurança do Estado.

João Picanço