Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Residentes perderam a confiança no Governo - deputado
Segunda, 02/07/2018
O deputado Ho Ion Sang deu o exemplo da mais recente polémica que resultou na suspensão de um projecto de crematório no cemitério de Sa Kong, na Taipa, para pedir mais transparência e mais diálogo do Governo com a população sobre medidas que afectam directamente a vida dos residentes.

“O Governo acabou por suspender o plano e pretende rever a lei para garantir mais flexibilidade na escolha do local do crematório. O que está na origem da controvérsia é a falta de transparência dos procedimentos administrativos. A divulgação das informações foi como espremer pasta de dentes, por isso, o acesso à informação foi parcial, e em resultado, os residentes perderam a confiança no Governo”, afirmou.

Ho Ion Sang citou exemplos passados em que o Governo recuou na construção de infraestruturas devido à oposição dos moradores. A propósito recordou o metro ligeiro, em que o traçado na península de Macau foi “alterado repetidas vezes e ainda não se sabe quando vai abrir”, ou a discussão sobre a localização do edifício do centro das doenças infecto-contagiosas, que vai ser construído ao lado do hospital Conde São Januário.

“O mais grave é que o Governo, pelo visto, não aprendeu com estas lições, nem retirou as devidas ilações. (...) Acresce que a apresentação das políticas não é completa, e a divulgação e a sensibilização não são satisfatórias. Com estes problemas, é inevitável a desconfiança da sociedade quanto à imparcialidade e cientificidade das políticas, e à capacidade governativa”, adiantou.~

Fátima Valente