Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Yat Yuen não formalizou pedido sobre cães no Jockey Club
Domingo, 01/07/2018
A Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos ainda não recebeu qualquer pedido sobre um acolhimento temporário dos galgos pertencentes à Companhia de Corridas de Galgos (Yat Yuen) noutro espaço, disse o secretário para a Economia e Finanças, Lionel Leong.

De acordo com uma nota do Gabinete de Comunicação Social, o governante disse este sábado a jornalistas que está atento ao acolhimento e residência dos galgos, e lembrou que a companhia tem conhecimento da data de saída do canídromo, 21 de Julho, há já dois anos.

Na segunda proposta que apresentou no início de Junho ao Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM) para o destino dos galgos, a Yat Yuen informou que pretendia utilizar as cavalariças vagas do Jockey Club de Macau como local provisório para acolhimento dos cães, mas tal “envolve o contrato de concessão do exclusivo da exploração de corridas de cavalos”.

A proposta, que visava a prorrogação por mais três meses do uso das instalações do canídromo além da data estipulada para o encerramento, foi rejeitada pelo IACM, que reiterou, na altura, a exigência de a Yat Yuen encontrar uma solução para os cães de corrida até 21 de Julho.

Hugo Pinto