Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Galgos exportados para Hong Kong têm de estar em quarentena
Sábado, 30/06/2018
O Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM) diz que “são falsos” os rumores sobre os galgos do canídromo que vão ser exportados para Hong Kong estarem dispensados de inspecção e quarentena.

Numa nota dada a conhecer esta tarde, o IACM diz que contactou o Departamento de Agricultura, Pescas e Conservação de Hong Kong e confirmou que essas informações que começaram a circular na internet não correspondem à verdade.

Actualmente, o IACM ainda está a proceder “à avaliação dos riscos com a autoridade de Hong Kong sobre a simplificação do processo de inspecção da importação dos galgos pela região vizinha”, de acordo com a mesma nota. Porém, ainda não se chegou a uma conclusão acerca desta matéria.

O IACM alerta também as pessoas fora de Macau interessadas na adopção de galgos que se devem “inteirar dos requisitos da inspecção para saber se têm capacidade para assumir os encargos do período da estadia dos animais em quarentena” antes dos galgos seguirem para Hong Kong.

Recorde-se que a secretária para Administração e Justiça, Sónia Chan, confirmou ontem que o IACM mantém contactos com a Companhia Yat Yuen e que vai continuar a supervisionar os trabalhos de acolhimento e adopção de galgos.

João Picanço