Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Governo garante apoio a estudade de Macau em coma na China
Quinta, 28/06/2018
O Governo garante estar a acompanhar o caso de uma jovem de Macau que ficou em coma na China continental. A jovem frequenta o segundo ano de um curso ministrado pela Universidade Huaqiao e está agora internada no Quanzhou First Hospital.

De acordo com um comunicado dos Serviços de Saúde, a estudante entrou em coma devido a uma encefalite súbita.
Os Serviços de Saúde explicam que se reuniram esta semana com representantes dos Serviços de Educação e Juventude, do Gabinete de Apoio ao Ensino Superior e ainda do Instituto de Acção Social, a fim de avaliar as necessidades de acompanhamento do caso.

O Governo garante que está a prestar assistência ao nível do tratamento clínico, com os Serviços de Saúde a optarem por nomear um médico especialista para contactar directamente com o Quanzhou First Hospital. A ideia é acompanhar em permanência, ao telefone, a evolução da situação clínica da aluna.

Segundo o mesmo comunicado, também está a ser prestado apoio psicológico à família da estudante. Por outro lado, os serviços sociais vão ajudar a família a “requerer apoio financeiro urgente”.

Os Serviços de Saúde acrescentam que o caso da aluna de Macau também está a merecer a atenção das autoridades da China. Já o Qanzhou First Hospital convidou especialistas em neurologia para se deslocarem ao hospital para avaliar o estado da paciente.

Sofia Jesus