Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Canídromo: IACM recusa segunda proposta para os galgos
Segunda, 11/06/2018
O Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM) rejeitou a proposta apresentada, na passada sexta-feira, pela Companhia Yat Yuen de prorrogar por mais três meses a saída dos galgos das instalações do Canídromo.
O IACM reitera a exigência feita à Yat Yuen de encontrar uma solução para os cães de corrida até 21 de Julho, a data de encerramento do Canídromo.

Num comunicado tornado público, o IACM diz que, nesta segunda proposta, a Companhia pretendia utilizar as cavalariças vagas do Jockey Club de Macau como local provisório para colocação dos galgos, mas tal “envolve o contrato de concessão do exclusivo da exploração de corridas de cavalo”, faz notar. Nesse sentido, o IACM recorda que para essa opção ir em frente a Companhia de Corridas de Cavalos de Macau deveria obter, primeiro, a autorização prévia da Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos.

Há duas semanas, a Yat Yuen já tinha apresentado um plano em que solicitava o prolongamento do prazo da saída do Canídromo por mais um ano. O Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais rejeitara aquele pedido. Hoje voltou a recusar esta segunda proposta.

Carlos Picassinos