Em destaque

26 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.0301 patacas e 1.1139 dólares norte-americanos.

Scott Chiang: “Tudo em aberto”
Terça, 29/05/2018
Scott Chiang e Sulu Sou ainda não sabem se vão recorrer da condenação hoje aplicada pelo Tribunal Judicial de Base. Os dois activistas estavam acusados de um crime de desobediência. A juíza decidiu que Sulu Sou tem de pagar uma multa de 40.800 patacas e Scott Chiang outra no valor de 27.600 patacas.

No final da sessão desta tarde, Scott Chiang, o antigo presidente da Associação Novo Macau, dizia que “não tinha expectativas” e agora é “ver como corre”.

“Todos sabemos que este veredicto pode não ser final. Por isso vou deixar tudo em aberto”, afirmou.

Scott Chiang diz que os dois activistas estão habituados “a estar no limite” e que a possibilidade de um dia ir para a prisão não o vai parar.

“Eles podem prender-me para sempre. Mesmo que haja novos casos do Ministério Público a acusar outras pessoas no protesto, eles podem matar-nos a todos, que ainda fica a ideia. Não podes matar uma ideia. Podes tentar restringir o espaço em que as pessoas tentam exercer os seus direitos cívicos, mas não podes impedir que eles tenham uma ideia diferente da do Governo, ou do que o Governo quer que eles pensem”, defendeu.

“Acho sempre que me porto muito bem nestas circunstâncias. Já vi comportamentos muito piores de outras pessoas. Podes ver pelos vídeos que foram mostrados em tribunal, eu sou o mais bem-educado”, acrescentou Scott Chiang quando questionado se esta condenação vai restringir a sua conduta.

Fátima Valente