Em destaque

22 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2311 patacas e 1.1378 dólares norte-americanos.

Costa Nunes: DSEJ fala em alegada falta de "sensibilidade"
Segunda, 14/05/2018
A Direcção dos Serviços de Educação e Juventude (DSEJ) garante estar empenhada em apurar responsabilidades no caso de alegados abusos sexuais no Jardim de Infância D. José da Costa Nunes.

Em declarações transmitidas ontem à noite pela TDM – Canal Macau, o director da DSEJ, Lou Pak Sang, alegou que pode ter havido falta de sensibilidade por parte de alguns profissionais da instituição.

“Durante a investigação soubemos que professores, outros funcionários e a directora do infantário não revelaram sensibilidade para o caso e nem transmitiram aos Serviços de Educação informações sobre os incidentes. Vamos analisar a questão para saber a quem devemos pedir responsbailidade. O infantário pode ser punido com um aviso, multa ou mesmo suspensão de actvidades”, afirmou Lou Pak Sang, à margem de um evento.

O caso de alegados abusos sexuais no Jardim de Infância D. José da Costa Nunes já foi encaminhado pela Polícia Judiciária para o Ministério Público, para investigação. O funcionário da instituição, suspeito de ter abusado de três crianças, foi constituído arguido. De acordo com a decisão do juiz de instrução criminal, o funcionário – que foi suspenso das funções que desempenhava no jardim de infância – está obrigado a apresentar-se periodicamente às autoridades, enquanto decorre a investigação.

TDM – Rádio Macau