Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Jorge Rangel alerta para deriva securitária do Governo
Sábado, 12/05/2018
A segurança não pode ser a área fundamental da governação, disse Jorge Rangel no Rádio Macau Entrevista.

O presidente do Instituto Internacional de Macau defendeu que a segurança não deve comandar a vida colectiva: “Não podemos sacrificar as liberdades individuais e o bem-estar da população a interesses puramente securitários. A segurança é um suporte de tudo isto, não é aquilo que deve comandar a nossa vida”.

Instado a comentar alguns dos diplomas anunciados recentemente pelo Governo, nomeadamente na área da segurança, Jorge Rangel admitiu que os residentes devem estar apreensivos, mas “não assustados”.

De acordo com Rangel, os residentes têm de “tomar posição e usar todos os canais existentes para manifestar as suas opiniões”.

Nesta entrevista, Jorge Rangel reconhece que em Macau há órgãos de consulta em demasia e que muitas vezes o território anda a reboque do que se passa na região.

Nesse sentido, defendeu que é necessário tomar a liderança no chamado projecto de integração regional.

Quanto ao futuro, acredita que o sistema consagrado na Lei Básica se vai manter até 2049, mas que depende da atitude que os agentes políticos assumam relativamente à autonomia de Macau.

O presidente do Instituto Internacional de Macau considera ainda fundamental que Macau continue a ter uma sociedade civil forte. Jorge Rangel reconhece que a comunidade portuguesa tem mostrado essa vitalidade: “No momento em que não tiver uma sociedade civil e for o Governo a comandar tudo, então, certamente, já estaremos a chegar a 2049 muito antes da data marcada. Macau precisa de continuar a ter uma capacidade de intervenção grande, privilegiar as associações, as instituições da sociedade civil. E elas têm que continuar a ser pujantes e a comunidade portuguesa nesse aspecto continua a dar uma noção de civismo e de participação”.

A entrevista com Jorge Rangel vai para o ar hoje ao meio-dia, segunda-feira às 10h30 e fica disponível em permanência nas plataformas digitais da TDM.

Gilberto Lopes