Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Costa Nunes: Servente arguido por suspeitas de abuso sexual
Sexta, 11/05/2018
Um funcionário do Jardim de Infância D. José da Costa Nunes foi constituído arguido por suspeitas de abuso sexual de crianças, revelou esta tarde a Polícia Judiciária (PJ).

De acordo com um porta-voz da instituição, o homem de 26 anos de idade nega as acusações e foi esta tarde encaminhado para o Ministério Público para ser interrogado.

Em conferência de imprensa, Ho Chan Nam revelou, ainda, que a PJ recebeu desde o passado dia 8 três queixas apresentadas por pais de crianças alegadamente vítimas de abusos sexuais – a última chegou hoje à PJ.

Ontem, as autoridades informaram que o agora suspeito estava a colaborar com a investigação, mas o porta-voz da PJ afirmou hoje que foram encontrados indícios que levaram a que o servente do jardim-de-infância fosse constituído arguido.

Na conferência de imprensa desta tarde, a PJ fez saber que o funcionário, que está suspenso, prestava serviços de limpeza no jardim-de-infância e que também chegou a ajudar na higiene das crianças. A PJ admite que os alegados abusos possam ter sido cometidos neste contexto.

Conforme já tinha sido avançado, duas menores foram ontem sujeitas a exames médicos, não tendo sido detectados indícios de abusos sexuais.

Este caso foi tornado público esta quinta-feira, mas as primeiras suspeitas terão sido levantadas em Outubro.

O Jardim de Infância D. José da Costa Nunes é uma instituição educativa particular tutelada pela Associação Promotora da Instrução dos Macaenses, sendo a única privada de Macau com ensino pré-escolar em língua veicular portuguesa para crianças dos 2 aos 6 anos. O mandarim, o cantonês e o inglês são ensinados como línguas estrangeiras.

Hugo Pinto