Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Costa Nunes: Pais queixosos acusam escola de negligência
Sexta, 11/05/2018
Os pais das crianças vítimas de alegados abusos sexuais no Jardim de Infância D. José da Costa Nunes admitem apresentar uma queixa-crime contra o infantário, por negligência e desvalorizar as queixas, avançou ontem a TDM – Canal Macau.

Um dos casos terá sido denunciado pelos pais da criança em Fevereiro, mas a informação só terá chegado ao conhecimento da direcção da escola mais de um mês e meio depois, a 24 de Abril.

“Durante uma semana, só a professora é que sabia e não partilhou com ninguém. Ao fim de uma semana, partilhou com a psicóloga e decidiram não levar o caso à direcção, apesar de já ser o segundo, e mais tarde é que a direcção da escola soube, dia 24 de Abril, segundo confirmaram ontem na reunião aberta, e nada foi feito. O caso não foi levado à AIPIM [Associação Promotora da Instrução dos Macaenses]; o caso não foi levado à Polícia Judiciária”, relatou a mãe de uma das alegadas vítimas, entrevistada pelo Canal Macau.

Ainda sobre a fase entre a denúncia feita pelos pais e a apresentação do caso à direcção, terá sido dito aos encarregados de educação que “punham as mãos no fogo” pelo funcionário. “Disseram-nos que era das melhores pessoas que trabalhavam na escola e sempre prestável. Entretanto, o assunto ficou falado e disseram-nos apenas que iriam ter alguma atenção, mas à partida não seria nada”, afirmou a mãe.

Nos dois casos relacionados com as duas queixas apresentadas até ontem na Polícia Judiciária, terá sido dito aos pais que não havia mais queixas do género contra o funcionário. No entanto, a escola tomou conhecimento de que a educadora responsável pela sala terá recebido uma denúncia semelhante, em Outubro.

TDM – Rádio Macau