Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Macau e Camboja reforçam cooperação
Segunda, 07/05/2018
O comércio e o sector financeiro são áreas em que Macau e o Camboja podem reforçar os laços de cooperação, segundo afirmou hoje Fernando Chui Sai On.

O Chefe do Executivo chegou hoje a Phnom Penh para uma visita que inclui ainda a Tailândia. Esta tarde, numa mesa redonda com jovens de Macau e do Camboja, Fernando Chui Sai On afirmou que esta segunda-feira Isso mesmo adiantou o Chefe do Executivo que presidiu à mesa redonda que juntou jovens locais e de Macau, que é possível aprofundar as relações em vários aspectos, nomeadamente em “termos de comércio, financeiro, bem-estar social”.

O Chefe do Executivo sublinhou as boas relações entre Macau e o Camboja, também na sequência da relação que existe entre o país e a China desde 1958.

O líder o Governo lembrou ainda que o Camboja é também um dos países participantes do projecto ‘Uma faixa, uma rota’.

“O Camboja é uma parte importante da iniciativa, pois é apoiante e participa activamente no projecto ‘Uma faixa, uma rota’. Ambas as partes estão empenhadas no reforço do desenvolvimento das estratégias e também para alcançar o sucesso da iniciativa nacional. Esta cooperação no âmbito de ‘Uma faixa, uma rota’ também conseguiu contribuir para introduzir dinamismo na cooperação entre o Camboja e a RAEM”.

Esta segunda-feira, Macau e o Camboja assinam um memorando de entendimento sobre o acordo quadro de cooperação para a promoção da amizade. Foi no âmbito de um encontro de Fernando Chui Sai On com o ministro dos Negócios Estrangeiros e de cooperação internacional do Camboja, Prak Sokhonn.

“É um memorando importante que irá fortalecer a cooperação estratégica entre as duas partes, nomeadamente irá coordenar a promoção na área da economia, educação, turismo e dos sectores sociais”, afirmou o Chefe do Executivo.

Fernando Chui Sai On sublinhou que Macau irá continuar a desempenhar a sua função de plataforma de serviços e comércio, e explorar com o Camboja o mercado dos países que se encontram na rota da iniciativa ‘Uma Faixa, Uma Rota’. O líder do Governo, anunciou que Macau vai, através da bolsa de estudo ‘Uma Faixa, Uma Rota’, apoiar os jovens cambojanos a prosseguirem os seus estudos em Macau.

Esta terça-feira, Fernando Chui Sai On vai manter encontros com vários dirigentes do Camboja, entre eles o primeiro-ministro Hun Sen.

Marta Melo, em Phnom Penh, Camboja