Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Lawrence Ho: Morpheus não terá salas operadas por “junkets”
Segunda, 07/05/2018
O hotel Morpheus, no complexo City of Dreams, da Melco, não vai ter áreas de jogo VIP operadas por “junkets”, disse à Reuters o presidente da concessionária, Lawrence Ho.

O empresário considera que é melhor a Melco desenvolver uma base de dados própria, do que depender de promotores de jogo.

O Morpheus, desenhado pela arquitecta Zaha Hadid, entretanto falecida, custou 1,1 mil milhões de dólares americanos e ainda não tem data de abertura.

A torre de 160 metros de altura tem mais de 700 quartos e as áreas de jogo serão exclusivas para o chamado mercado de massas “premium”, em que os clientes fazem apostas no valor de milhares de dólares de Hong Kong, enquanto na salas VIP cada jogada ronda 1 milhão.

Nestas declarações à Reuters, Lawrence Ho estima que o sector do jogo de Macau tremine 2018 com um crescimento anual acima de 20 por cento.

No que toca ao futuro mais distante, o presidente da Melco disse que o Governo de Macau ainda não avançou às operadoras de jogo os detalhes sobre o que vai acontecer depois de terminar o prazo das actuais concessões.

No caso da Melco, o contrato vai até Junho de 2022, mas a Sociedade de Jogos de Macau e a subconcessionária MGM têm um prazo anterior: Março de 2020.

Lawrence Ho afirma que está “muito interessado em saber qual vai ser o novo processo de oferta e de renovação”, acrescentando que tanto o governo de Macau como de Pequim não têm revelado qualquer informação.

Hugo Pinto