Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Tufão Hato: SMG “fizeram tudo" ao seu alcance, diz perito
Segunda, 07/05/2018
Os Serviços Meteorológicos e Geofísicos de Macau (SMG) actuaram de forma correcta durante o tufão Hato e fizeram tudo o que estava ao seu alcance para minimizar a perda de vidas humanas. É a opinião do antigo director do Observatório de Hong Kong, Lam Chiu-ying, que foi ouvido, na qualidade de especialista, no processo disciplinar ao antigo director dos Serviços Meteorológicos de Macau. Em entrevista à TDM - Rádio Macau, Lam Chiu-ying destaca a competência dos Serviços Meteorológicos de Macau que foram liderados por Fong Soi Kun durante mais de vinte anos.

Lam Chiu-ying não comenta a pena aplicada a Fong Soi Kun no âmbito do processo disciplinar instaurado pelo Governo. Mas a opinião que tem sobre a actuação dos Serviços Meteorológicos de Macau durante o tufão Hato é clara: “Aparentemente, os Serviços Meteorológicos e Geofísicos de Macau fizeram tudo o que estava ao seu alcance para minimizarem a perda de vidas humanas”, afirma, em declarações à Rádio Macau.

Esta foi a posição que transmitiu aos instrutores do processo disciplinar contra o antigo director dos serviços Meteorológicos de Macau. Lam Chiu-ying veio a Macau para ser ouvido na qualidade de especialista: para além de director do Observatório de Hong Kong entre 2003 e 2009, é professor na Universidade Chinesa de Hong Kong e estudou meteorologia no Imperial College de Londres.

Na análise que faz à actuação dos serviços meteorológicos de Macau durante o Hato destaca dois momentos críticos: dois avisos que foram emitidos , na sua opinião, em tempo oportuno e que o levam a concluir que o organismo desempenhou, cabalmente, as suas responsabilidades. O primeiro foi o aviso de “storm surge” para cheias emitido na noite de dia 22 e o segundo o aviso emitido às sete da manhã de dia 23 de que o sinal oito seria içado às nove da manhã.

“Com o aviso em relação ao nível das águas emitido na noite anterior, dia 22, e o alerta emitido às sete da manhã de dia 23 em relação à emissão do sinal do 8 às 9 da manhã os Serviços Meteorológicos actuaram de forma correcta. O facto de a maior parte das pessoas estarem em casa à passagem do tufão por causa destes alertas demonstra que os SMG cumpriram o seu dever”, aponta.

Lam Chiu-ying diz ter conhecido bastante bem Fong Soi Kun durante o período em que coincidiram como responsáveis máximos dos serviços meteorológicos das duas regiões. Do conhecimento que tem sublinha os serviços meteorológicos de Macau são comparáveis aos melhores.

“As pessoas podem não se aperceber disso mas os serviços têm tido um bom desempenho, em termos de tecnologia e na aplicação dos sistemas meteorológicos. Enquanto desempenhei funções nunca notei nenhuma diferença substancial entre os serviços meteorológicos de Macau, Hong Kong e Guangdong”, conclui.

Para melhorar a capacidade de resiliência da cidade a tempestades tropicais Lam Chiu-ying recomenda um sistema urbano eficaz na drenagem de águas. Construção de barreiras no mar para diminuir o impacto das cheias, e garantir níveis elevados na qualidade da construção de edifícios.

André Jegundo