Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Chui Sai On: jovens de Macau são “mais maduros” e críticos
Sexta, 04/05/2018
Os jovens de Macau são “mais maduros” e têm uma “elevada consciência crítica”, avalia o Chefe do Executivo, Chui Sai On, numa mensagem a propósito do Dia da Juventude, que se assinala hoje na China.

No texto, divulgado pelo Gabinete do Chefe do Executivo, Chui Sai On observa que “os intercâmbios realizados com os jovens ao longo destes anos” o deixaram “profundamente satisfeito por verificar o progresso” da juventude de Macau, considerando que os jovens de hoje “são mais maduros no pensamento e têm uma visão da vida mais ampla”.

Segundo o Chefe do Executivo, têm também “uma elevada capacidade de julgamento e consciência crítica”, bem como “opiniões diferentes em relação às políticas e medidas do governo, muitas das quais construtivas”.

Num texto intitulado “não frustrar a juventude e promover a auto-realização”, Chui Sai On defende, ainda, que “os jovens são um valioso património da sociedade” e “também uma força positiva para a causa ‘um país, dois sistemas’”.

O líder do Governo lembra um dos desejos de Xi Jinping quando o presidente esteve em Macau, em 2014: “olhar para o futuro e reforçar a educação e a formação dos jovens”.

Assim, o Chefe do Executivo espera que “os jovens se preparem e se integrem activamente no desenvolvimento global do país e que, com uma mente aberta, acolham a vinda de jovens do Interior da China e do estrangeiro para Macau”.

Chui Sai On manifesta “esperança que os jovens continuem a promover os valores nucleares do patriotismo e de amor a Macau”, tal como o “espírito do Quatro de Maio”, o movimento anti-imperialista que surgiu das manifestações estudantis em Pequim, realizadas no dia 4 de Maio de 1919.

Hugo Pinto