Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Macau vai recrutar seis dezenas de médicos este ano
Sexta, 13/04/2018
O secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam, disse hoje que os Serviços de Saúde vão contratar este ano 63 médicos e 20 enfermeiros, além de técnicos e pessoal administrativo.

Alexis Tam não precisou se estes 60 novos médicos incluem os processos de recrutamento actualmente a decorrer em Portugal.

Desde o final do ano passado, os Serviços de Saúde lançaram dois processos de recrutamento de Portugal, com vista à contratação de um total de 35 médicos especialistas.

O primeiro concurso era para 21 médicos em 13 áreas de especialidade do Centro Hospital Conde de São Januário. Este processo de candidatura terminou em 31 de Dezembro e, de acordo com Alexis Tam, continuam em curso entrevistas a 30 candidatos.

Já sobre o segundo concurso, para preencher 14 vagas, não precisou o número de candidaturas.

Actualmente, Macau conta com 4350 profissionais de saúde, afirmou hoje o secretário para os Assuntos Sociais e Cultura.

Alexis Tam disse que vai ser necessário contratar mais profissionais, nomeadamente para quando o Hospital das Ilhas for construído e estiver em funcionamento, mas não adiantou números sobre as necessidades actuais e futuras.

Hoje, o secretário foi também questionado pelos jornalistas sobre uma eventual candidatura ao cargo de Chefe do Executivo. Na resposta, o governante disse que “a prioridade” neste momento é “reforçar as acções de aperfeiçoamento” da tutela que dirige.

Alexis Tam falava aos jornalistas à margem de uma visita ao futuro Centro de Saúde da Ilha Verde, que tem abertura prevista no Verão. “Em Julho ou Agosto”, afirmou o secretário para os assuntos Sociais e Cultura.

O Centro de Saúde da Ilha Verde vai ser o terceiro na zona Norte da cidade, que tem cerca de 290 mil utentes.

De acordo com dados já avançados em Janeiro, pelo subdirector dos Serviços de Saúde, Cheang Seng Ip, com a entrada em funcionamento do novo Centro de Saúde da Ilha Verde cada uma das unidades na Zona Norte vai poder atender entre 90 mil e 100 mil pessoas.

Fátima Valente