Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Conselho de Consumidores negoceia cooperação com a DECO
Terça, 10/04/2018
O Conselho de Consumidores (CC) do Governo de Macau assinou esta terça-feira um memorando de entendimento para a cooperação com os representantes da Grande Baía. O Conselho está também a negociar com a Defesa do Consumidor de Portugal, a DECO.

A ideia, tal como aquela que é promovida para a Grande Baía, é intermediar as queixas de turistas portugueses que estejam de visita à China, como explicou o presidente da comissão executiva do conselho, Wong Hon Neng.

“Com este mecanismo, os turistas portugueses quando se envolverem com litígios quando fizerem viagens na China, nós vamos ajudar a encaminhar os casos para as instituições chinesas”, disse o presidente do conselho.
A ambição do CC é alargar este mecanismo às restantes cidades da China Continental, bem como aos países de língua portuguesa.

Desde 15 de Março que existe um serviço transfronteiriço entre Macau e Zhuhai para resolver conflitos entre consumidores e vendedores. Entretanto, vai ser lançado o mesmo sistema também com Hong Kong.

Noutro âmbito, Wong Hon Neng confirmou que há algumas queixas de residentes de Macau que compram casa na China. O problema é seguido de perto pelo Conselho do Consumidor: “De facto, recebemos algumas queixas e estamos a trabalhar nesse sentido e a acompanhar as situações. Só este ano já recebemos oito queixas”.

João Picanço