Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Wong Sio Chak reitera tolerância zero para infracções
Domingo, 08/04/2018
O secretário para a Segurança, Wong Sio Chak, afirmou hoje que a descoberta do caso que envolve um investigador criminal da Polícia Judiciária, suspeito de ter usufruído de interesses ilegais, demonstra que o mecanismo de fiscalização interno funciona. O secretário sublinhou que as autoridades têm revisto e aperfeiçoado os mecanismos de fiscalização, gestão e formação do pessoal, a fim de corrigir as deficiências e colmatar lacunas.

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação Social, Wong Sio “acrescentou que os órgãos judiciais já lhe aplicaram as medidas de coacção, incluindo a proibição de ausência e a obrigação de apresentação periódica mensal, e entretanto, também o agente em causa está ainda suspenso preventivamente de funções”. Foi aberto um processo disciplinar.

O secretário “reiterou tolerância zero perante quaisquer infracções do pessoal, comprometendo-se dar um tratamento severo”, lê-se no mesmo comunicado.

Relativamente às situações dos uniformes dos agentes da polícia passarem a estar equipados com câmaras de vídeo, Wong Sio Chak, disse que actualmente, as autoridades continuam a observar e recolher as informações sobre esta matéria, mas a polícia irá rever a situação.

Marta Melo