Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Governo acredita que tem cumprido os prazos para o metro
Sexta, 23/03/2018
As obras do Metro Ligeiro não têm estado atrasadas nos últimos tempos, de acordo com o secretário para as Obras Públicas. Esta tarde, na Assembleia Legislativa, Raimundo do Rosário reconheceu que o custo de algumas partes das obras pode ter mudado um pouco, mas acredita que está a ser feito um bom trabalho e dentro dos prazos.

“Recentemente, não tem havido atrasos nas obras nem excesso de despesas. Houve obras que mudaram um pouco relativamente às despesas previstas inicialmente, mas acho que estamos a controlar bem e temos feito um bom trabalho”, disse Raimundo do Rosário.

O secretário refutou as críticas dos deputados sobre ter mudado de ideias quanto às linhas a construir. O governante disse apenas que, neste momento, terminar o projecto para a Taipa “tem mais prioridade do que a linha da península”. Raimundo do Rosário acrescentou depois que “nunca disse” que a linha na zona leste da península não era para fazer, mas que é mais importante avançar agora em outras áreas.

O responsável pelas Obras Públicas garantiu que os objectivos do metro estão intactos. Até final do mandato, em 2019, Raimundo do Rosário quer concluir a sociedade comercial, a lei do metro e as obras na Taipa.

João Picanço