Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Vitalino Canas: Brexit é oportunidade para Portugal na Ásia
Terça, 20/03/2018
O deputado português Vitalino Canas considera que o Brexit é uma oportunidade para Portugal porque, com a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), passa a ser o único país com conhecimento profundo da Ásia.

Apesar de reconhecer os problemas que o Brexit vai criar à União Europeia, nomeadamente ao nível da “política de segurança e defesa, porque sai a maior potência militar da União Europeia" e "ao nível das trocas comerciais”, Vitalino Canas defende que também vai criar oportunidades.

“Uma delas é a circunstância de Portugal aumentar, dentro da União Europeia, a sua mais-valia enquanto conhecedor privilegiado desta zona do globo. E Macau também pode beneficiar disto se conseguirmos criar aqui algumas sinergias”, salienta o deputado socialista.

Vitalino Canas, que também é vice-presidente da Assembleia Parlamentar da NATO, está em Macau a participar num seminário do Instituto de Estudos Europeus.

O advogado aponta que “criar nichos de reflexão e de estudo sobre as questões europeias faz todo o sentido neste cenário” do Brexit. Também defende que pode ter impactos positivos nas relações UE – China.

“Fomos a última potência administrante a sair daqui [Ásia], o que significa alguma coisa em termos de ‘know-how’ reunido. Isto significa sobretudo nós intensificarmos dos dois lados – não apenas do lado português, mas também do lado de Macau –, o acompanhamento destes temas, a reflexão sobre estas questões relacionadas com a União Europeia e China”, afirma.

Vitalino Canas comenta o Brexit um dia depois de a União Europeia e o Reino Unido terem chegado a um entendimento sobre “grande parte” do acordo de saída do bloco europeu.

O Reino Unido deixa de ser estado-membro da UE em Março de 2019. Mas essa não é uma ruptura total. O período de transição deverá terminar a 31 de Dezembro de 2020.

Fátima Valente