Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Associação de Autismo assinala mês de consciencialização
Terça, 20/03/2018
Cerca de 30 a 40 por cento da população de Macau está consciente do que é o autismo. Os dados são da Associação de Autismo de Macau, em vésperas do dia Mundial da Consciencialização do Autismo (MAA), a associação, fundada há seis anos, prepara um mês de Abril com várias actividades, numa altura em que ainda aguarda uma sede própria. O pedido foi efectuado há um ano pela associação.

A MAA promove eventos de consciencialização desde há três anos. Na primeira ocasião, não houve apoio do Governo, mas desde então, tanto o Instituto de Acção Social, como a Fundação Macau apoiam a associação.

O principal objectivo é promover debates, acções de cariz social e alertas para a doença do autismo. De acordo com a directora geral, Nicole Chan, ainda há um trabalho longo a fazer em Macau sobre esta temática.

“Baseando-nos nas actividades de consciencialização da associação, acreditamos que, pelo menos, 30 a 40 por cento da população de Macau tem conhecimento sobre o que é o autismo. E de acordo com as actividades do ano passado, houve cerca de 10 mil pessoas a visualizarem as nossas acções”, disse Nicole Chan, depois da conferência de imprensa que serviu para apresentar o plano de actividades do Dia Mundial da Consciencialização do Autismo.

Nicole Chan falou também dos números de pessoas que participaram nas actividades do ano passado: “Fizemos muita coisa, tanto para as crianças, como para as famílias. Por isso, podemos falar de algo na casa dos 5 mil participantes. Mas se não contarmos com as pessoas que vêm mais do que uma vez, então estamos a falar de 300 ou 400 crianças envolvidas e que benenficiaram das actividades”.

A associação recebe 40 mil patacas por mês, para gastos administrativos, e outros apoios nos meses em que organiza eventos como o do próximo mês, que serve para assinalar o dia da consciencialização do Autismo.
Nicole Chan diz que ainda há poucas pessoas para o que a associação precisa, mas acredita que “no futuro mais voluntários vão aparecer”.

O número de crianças autistas em Macau “não é oficial e há muitos casos ainda por diagnosticar”, acredita Nicole Chan. A directora geral da MAA referiu também que das cerca de 1000 crianças consultadas no ano passado pelo centro de avaliação, 800 precisavam de terapia e 70 por cento das referidas eram autistas.

O dia para a consciencialização do autismo é assinalado a 2 de Abril. A associação vai ter acções e palestras durante todo o mês. A campanha Light It Up Blue, que vai iluminar o Centro de Ciência e a Torre de Macau de azul, começa no dia 1.

João Picanço