Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Serviços médicos para idosos em lares arrancam este mês
Quarta, 14/03/2018
Arranca já este mês o projecto-piloto que vai permitir levar serviços médicos a lares. A medida vai aplicar-se, numa primeira fase apenas, ao Complexo de Serviços de Apoio ao Cidadão Sénior Pou Tai. Até ao final do ano, esta iniciativa deverá ser alargada a 11 lares.

O programa de proximidade de serviços médicos de especialidade abrange as áreas da Geriatria, Medicina Interna, Psiquiatria, Urgências e Medicina Física.
A ideia é prestar cuidados a idosos que, no último ano, tenham sido atendidos nas urgências ou estado internados no Hospital Conde de São Januário.

No ano passado, segundo Lo Iek Long, coordenador do Centro de Avaliação e Tratamento da Demência do hospital público, “cerca de 200 pessoas recorram ao serviço de urgência” e “100 pessoas” foram internadas.

Há uma equipa de quatro pessoas, dois enfermeiros e dois médicos, em exclusivo para este serviço. Quanto a um aumento de recursos humanos Lo Iek Long disse que é preciso avaliar como corre esta experiência.

“Depois de obter essa experiência é que nós podemos prever o futuro. Temos de prever de acordo com a prática, de acordo com a eficácia e também o investimento recursos”, explicou Lo Iek Long, à margem do programa Fórum Macau da Ou Mun Tin Toi, em que se debateu o projecto-piloto.

Este projecto decorre de uma iniciativa dos Serviços de Saúde e do Instituto de Acção Social.

Marta Melo