Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Cheques pecuniários têm aprovação da maioria das pessoas
Terça, 06/03/2018
Os cheques pecuniários merecem aprovação da população, de acordo com um estudo do Centro de Pesquisa de Macau. No universo de 201 entrevistados, 52,7 por cento dão nota positiva ao Plano de Comparticipação Pecuniária e 14,4 por cento não vêem o plano com bons olhos.

Das pessoas que avaliam de forma negativa o plano, 14,9 por cento acreditam que os cheques são uma forma de incentivar o consumo e aumentar os preços e 7 por cento mostram-se especialmente preocupados com a dependência da sociedade em relação ao Governo.

De acordo com o estudo, citado pelo Jornal Tribuna de Macau, no campo positivo 15,4 por cento defendem que o dinheiro pode servir para compensar os gastos em outras despesas, 27 por cento utilizam os cheques para poupança e 22,6 por cento usam-no para pagar as despesas familiares. Note-se também que 13,8 por cento canalizam o dinheiro para viagens.

Há ainda 32,8 por cento dos inquiridos que se mostraram
neutros ou sem opinião.

No campo etário, dos 201 indivíduos entrevistados, 33 por cento daqueles com idades entre os 35 e 34 anos preferem guardar o dinheiro e 15,9 por cento usam-no para a educação das crianças. No grupo etário acima dos 55 anos, o mais elevado do estudo, 40,6 por cento aplicam a verba para despesas quotidianas, 16,3 por cento poupam e 15,6 por cento usam o dinheiro dos cheques directamente na alimentação.

TDM - Rádio Macau