Em destaque

17 de Agosto de 2018: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1483 patacas e 1.1376 dólares norte-americanos.

Definidas quotas para circulação na ponte sobre o Delta
Terça, 13/02/2018
Os Governos de Macau e Hong Kong chegaram a um consenso sobre a circulação de veículos particulares transfronteiriços na ponte que liga os dois territórios e Zhuhai.

De acordo com um comunicado dos Serviços para os Assuntos de Tráfego, vão ser disponibilizadas 300 quotas para veículos particulares de Hong Kong com a validade de 3 anos e 600 quotas para Macau – 500 quotas com validade de 1 ano e as restantes 100 com validade de seis meses.

Os veículos com quotas vão poder entrar nas duas regiões, através da Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, com frequência ilimitada.

As quotas de Macau vão ser emitidas pelos Serviços para os Assuntos de Tráfego, mas os detalhes sobre o processo vão ser anunciados mais tarde.

Haverá ainda licenças e marcação prévia de estacionamento no Auto-Silo Leste do Posto Fronteiriço da Ponte, que tem capacidade para três mil lugares.

Também hoje foi ainda anunciado que os governos de Macau, Hong Kong e Zhuhai não vão operar postos fronteiriços conjuntos, sendo essa gestão da imigração feita em separado pelas três regiões.

De acordo com a Rádio Pública de Hong Kong, a autoridade da ponte sobre o Delta anunciou ainda que os postos fronteiriços vão funcionar 24 horas por dia e o dinheiro das portagens será cobrado na moeda chinesa.

Nas informações hoje conhecidas, ficou ainda a saber-se que, na ponte, o trânsito vai circular pela direita e será depois alterado assim que se chegue a Macau ou Hong Kong.

Inicialmente, 140 autocarros vão fazer carreiras na ponte a cada dez minutos, frequência que vai aumentar de forma gradual para entre 3 a 5 minutos.

Hugo Pinto