Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Criança morre por complicações provocadas por gripe
Quinta, 25/01/2018
A criança de quatro anos que foi internada esta terça-feira no Hospital Kiang Wu com sintomas de gripe faleceu hoje. É a primeira morte este ano relacionada com gripe. A criança de quatro anos foi atendida três vezes no hospital e à terceira foi hospitalizada.

O teste de despistagem de gripe foi feito na primeira ida ao hospital, na semana passada, e deu negativo. O estado de saúde da criança não melhorou e acabou por ter de ser internada nos cuidados intensivos. Li Peng Bin, vice-director do departamento de administração médica do Kiang Wu, explicou que a menina “tinha hemorragias e falência de órgãos”.

“Lamentamos muito que no dia 25 de Janeiro, cerca das 13h, a criança faleceu”, afirmou.

A causa da morte da criança, acrescentou Li Peng Bin, foi insuficiência renal devido a pneumonia. A taxa de mortalidade nestes casos é superior a 60 por cento. Li Peng Bin assegura que foram cumpridos os procedimentos neste caso.

Sobre a razão de não ter sido realizado um segundo teste de despistagem de gripe, o director do Hospital Conde de São Januário explicou que este teste não é 100 por cento garantido. Kuok Cheong U diz que a despistagem “tem limitações” e lembra que a Organização Mundial de Saúde “não tem nenhuma orientação para que, quando em caso de gripe, seja obrigatório a despistagem”.

A criança de quatro anos não tinha sido vacinada contra a gripe. O mesmo aconteceu com a irmã mais nova que também apresentou sintomas da doença. O seu estado de saúde é estável.

No ano passado, registaram-se oito mortes relacionadas com gripe.

Marta Melo