Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Song quer “fortalecer UM enquanto think tank do Governo”
Quarta, 24/01/2018
A Universidade de Macau “não deve estar encerrada numa torre de marfim”, defendeu hoje o novo reitor da instituição de ensino, Yonghua Song, durante a cerimónia oficial de tomada de posse.

No discurso, Song defendeu que, sendo a UM a “única universidade pública de Macau”, deve “empenhar-se em servir melhor a sociedade” - uma missão que será concretizada através da colaboração com o Governo. O novo reitor prometeu “total apoio à implementação das linhas governativas da RAEM” na área da educação e disse também que pretende “fortalecer o papel da UM enquanto think tank do Governo, auxiliando-o na sua governação científica”.

Yonghua Song disse ainda que a UM vai “aperfeiçoar o sistema de avaliação do corpo docente, por categorias diferentes, considerando as circunstâncias reais de Macau e tendo como referência os padrões adoptados por outras universidades de excelência”.

O objectivo é também “apostar na atracção de mais profissionais de alto nível” e, do lado dos estudantes, “atrair melhores candidatos para os cursos de doutoramento”.

Sónia Nunes