Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Reclusos dirigiam tráfico de droga a partir da prisão
Domingo, 14/01/2018
O Secretário para a Segurança ordenou à Direcção dos Serviços Correccionais (DSC) a revisão das medidas de segurança que estão em vigor no estabelecimento prisional. Ordenou também que sejam tomadas medidas para colmatar as lacunas existentes na fiscalização e controlo dos reclusos, "a fim de combater as actividades ilegais".

As instruções, divulgadas em comunicado, surgem depois da detenção de um residente local de 18 anos de idade por tráfico de cocaína. Segundo a Polícia Judiciária, este traficante estava ao serviço de outros dois elementos que já se encontravam detidos pelas autoridades. Estão presos preventivamente no Estabelecimento Prisional de Coloane e, segundo as autoridades policiais, continuavam a dar instruções para o tráfico de droga através de um telemóvel que conseguiram levar paras as celas prisionais.

Numa primeira reacção a este caso, a Direcção dos Serviços Correccionais anunciou um reforço nas medidas de segurança e revelou ter instaurado um “processo de inquérito interno, no sentido de esclarecer a origem da entrada do telemóvel na prisão”. Caso haja qualquer infracção ou ilicitude por parte dos trabalhadores e pessoal de segurança, a DSC promete “repreendê-los severamente conforme a Lei, não tolerando a existência de qualquer ovelha negra”.

O Secretário para a Segurança também frisou, em comunicado, que caso “se verifique o envolvimento do pessoal da DSC o mesmo será objecto de tratamento sério, não se excluindo a instauração de procedimento criminal nos termos da lei”.

A Direcção dos Serviços Correccionais revelou também que está em curso a aquisição de um sistema tecnológico para bloquear as comunicações móveis na prisão de Coloane. Os serviços dizem esperar que esta tecnologia possa ser instalada o quanto antes.

André Jegundo