Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Empréstimos hipotecários de Novembro caem em termos anuais
Quinta, 11/01/2018
Registou-se aumento nos empréstimos hipotecários para habitação aprovados em Novembro, relativamente ao mês anterior, mas uma descida em termos homólogos. De acordo com a Autoridade Monetária, comparativamente com Outubro, os empréstimos cresceram 44,9 por cento, para os 4,1 mil milhões de patacas. Em comparação com 2016, registou-se uma queda de 9,8 por cento.

Os bancos concederam 4 mil milhões aos residentes, o que representa 99,1 por cento dos empréstimos. Ao passo que para os não residentes, o valor está nos 34,7 mil milhões patacas.

Com um crescimento mais assinalável estão os novos empréstimos comerciais para actividades imobiliárias, que atingiram 6,6 mil milhões de patacas, em Novembro. O valor resulta num crescimento de 222,2 por cento, em comparação com 2016. Em relação a Outubro de 2017, o crescimento foi de 44,1 por cento.

A Autoridade Monetária indica que novos empréstimos comerciais para actividades imobiliárias atribuídos a residentes - principalmente impulsionados por novos empréstimos concedidos a empresas garantidas por terra -, totalizaram 6,4 mil milhões de patacas. Os não residentes receberam 202,2 milhões de patacas.

João Picanço