Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Wong Sio Chak admite falhas de segurança nas fronteiras
Sexta, 05/01/2018
O Secretário para a Segurança, Wong Sio Chak, considera que o incidente ocorrido no último domingo, quando um veículo do interior da china entrou em Macau após ter atravessado ilegalmente o posto fronteiriço da Ponte Flor de Lótus, “demonstra a existência de uma grande falha no âmbito da segurança dos postos fronteiriços de Macau”. O governante fala também em “falta de comunicação entre os serviços de execução da lei das duas fronteiras”.

Em comunicado, o gabinete do secretário diz que, na sequência deste caso, Wong Sio Chak ordenou a abertura de uma investigação e deu instruções aos Serviços de Alfândega e à Polícia de Segurança Pública para efectuarem trabalhos de revisão e executarem medidas de consolidação e reforço da comunicação e da troca de informações com as autoridades do Interior da China, no sentido de evitar a ocorrência de incidentes semelhantes.

De resto, todos os serviços da tutela receberam ordens para procederem "ao melhoramento necessário dos mecanismos permanentes inerentes às suas funções, revendo periodicamente os equipamentos, as medidas de segurança dos postos fronteiriços e das instalações sensíveis, avaliando riscos futuros e a forma de reagir adequadamente aos mesmos, devendo, em tempo oportuno colmatar as lacunas das medidas de segurança no intuito de eliminar todos os tipos de riscos possíveis".

Wong Sio Chak diz que a “segurança dos postos fronteiriços está relacionada com a segurança pública interna e com a imagem de Macau”.

Rui Cid