Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Governo alarga escala de avisos para cheias e tipos de tufão
Quinta, 04/01/2018
Os níveis de alerta de cheias vão aumentar de três para cinco, os avisos sobre as tempestades tropicais que podem atingir Macau vão ser emitidos com, pelo menos três horas, de antecedência e passa a haver duas novas designações a atribuir às tempestades : tufão forte e super tufão.

As alterações ao actual sistema de avisos foram anunciadas esta tarde pelo director dos Serviços Meteorológicos e Geofísicos, Raymond Tam, na Assembleia Legislativa. “Sobre os alertas de marés altas, vão ser aumentados de três para cinco níveis. Vamos também colaborar com os Serviços de Cartografia para fazer os ajustamentos necessários. Quanto às tempestades tropicais, vamos melhorar os avisos, que vão ser emitidos com três horas de antecedência para melhor preparação por parte da população”.

Actualmente, o nivel três de aviso de cheias – o alerta máximo – é emitido quando a água sobe um metro acima do nível do pavimento. Vão ser definidos mais dois sinais de alerta: um para quando se prevê que os níveis da água vão ultrapassar 1,5 metros e outro para cheias superiores a 2,5 metros de altura.

Já as designações das tempestades tropicais aumentam de quatro para seis, com a introdução das categorias tufão forte e super tufão.

No regime actual, as classificações das tempestades dependem da velocidade máxima dos ventos, registados na zona de influência. Com ventos superiores a 118km por hora, a tempestade é considerada tufão; abaixo disso é classificada como ciclone ou depressão tropical.

O Governo esteve esta tarde na Assembleia Legislativa para responder a perguntas dos deputados.

O Tufão Hato dominou a primeira parte do debate, com algumas questões já desactualizadas uma vez que foram feitas em Outubro, quando começou a nova Assembleia Legislativa.


Sónia Nunes/ TDM