Em destaque

7 de Dezembro 2018: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1967 patacas e 1.1377 dólares norte-americanos.

Aumenta número de jovens em tratamento de doenças mentais
Quarta, 03/01/2018
Existem cada vez mais jovens a receber tratamento para doenças mentais. O tema esteve esta quarta-feira de manhã em debate no programa Fórum Macau, da Ou Mun Tin Toi.

Cerca de 20 por cento dos pacientes a receberem tratamento para doenças mentais têm entre 18 e 25 anos. São dados revelados por Sou Keng Leong, secretário–geral da Associação Richmond Fellowship.

O número de jovens que está em tratamento “tem vindo a aumentar” e para Sou Keng Leong esta é uma situação que “tem um grande impacto”. Lembra o representante da Associação Richmond Fellowship, que são pessoas, por norma sem experiência de trabalho e que podem estar ainda a estudar.

Sou Keng Leong sugere ainda que se dê um maior apoio aos mais velhos em tratamento – porque, sustenta, são pessoas que muitas vezes enfrentam perdas de amigos e mesmo de emprego, derivado à condição de saúde que enfrentam. De acordo com Sou Keng Leong, 530 pessoas recebem actualmente tratamento na associação.

A falta de profissionais nesta área é uma das questões levantadas por Elvo Sou, presidente da Associação de Psicologia de Macau. Nesta altura, o território conta com 50 psicólogos, incluindo nos Serviços de Saúde, e 300 assistentes. Elvo Sou diz que desta forma é difícil aumentar o nível profissional e a qualidade dos serviços. O presidente da associação espera que a situação possa ser melhorada no futuro.

Elvo Sou refere também que os pacientes deste grupo têm tendência para ideias suicidas e alerta para que as famílias estejam atentas, como forma de prevenção para estes casos.

João Picanço e Marta Melo com Tomás Chio