Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Pequim quer cultivar patriotismo entre jovens de Macau e HK
Domingo, 04/03/2012

Pequim quer cultivar um maior sentido de patriotismo nos jovens de Macau e de Hong Kong. A ideia foi defendida ontem por  Jia Qing Lin, presidente da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPC),  durante a cerimónia de abertura da sessão anual em Pequim.

 

“Vamos alargar a base de contactos com as organizações sociais e representantes das duas regiões, participar mais no desenvolvimento saudável dos seus jovens e cultivar as boas relações com as forças sociais que, em cada território, amam a mãe pátria e a própria região”, afirmou Jia Qing Lin, em declarações transmitidas pelo Canal Macau.

 

Nas próximas semanas, os mais de dois mil membros da CCPPC - 30 de Macau - vão apresentar as suas propostas. Leong Heng Teng, membro da RAEM na CCPCC, considera que, depois do discurso de Jia Qing Lin, será mais fácil apresentar ideias.

 

 “No seu discurso inicial, Jia Qing Lin fez referência ao aumento das funções dos membros da Conferência Consultiva em Hong Kong e Macau. Alguns membros acreditam que isso vai ajudar na entrega de propostas ao longo das próximas duas semanas”, afirmou o também porta-voz do Conselho Executivo da RAEM.