Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Neto Valente: “Estamos perto do protocolo com Portugal"
Quinta, 30/11/2017
Jorge Neto Valente acredita que não falta muito para o reatar do protocolo da Associação de Advogados de Macau com a Ordem dos Advogados de Portugal. O presidente da associação diz que do lado de Macau está tudo resolvido, mas do lado português há ainda arestas a limar na questão da admissão.

“Eles têm alguns problemas porque têm regras próprias quanto à admissão. O problema deles não é Macau. O problema deles é que, por exemplo, este ano, já houve 400 advogados brasileiros que queriam ir para Portugal. E que tem Macau a ver com isto? Nada, no meu entender. Mas eles não podem fazer uma regra para o Brasil e outra para Macau. Os advogados Europeus têm o direito de se estabelecerem em Macau. O que estamos a trabalhar é arranjar um modo, que eu penso que é possível encontrar, para os advogados de Macau poderem ter um estatuto especial relativamente ao resto do Mundo”, disse Neto Valente.

O presidente da associação refere que o problema não está nos números - embora os 400 de Macau não se comparem com os 33 mil de Portugal -, mas sim tentar que os advogados da RAEM tenham um estatuto especial.

Declarações de Jorge Neto Valente à margem da Conferência Internacional sobre Direito Processual Civil. O presidente da Associação de Advogados de Macau garante que na RAEM há travões para impedir uma onda incomportável de profissionais de direito a chegarem ao território.

João Picanço