Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Au Kam San: caso Sulu Sou representa um "combate político"
Segunda, 20/11/2017

Au Kam San considera que o caso de Sulu Sou é um “combate político”, mesmo que as autoridades digam o contrário por a acusação ser anterior à entrada do activista na Assembleia Legislativa.

 

Au Kam San, deputado veterano do movimento pró-democracia, defende que “é irrazoável” a diferença de tratamento dada pelas autoridades ao caso, em comparação com anteriores manifestações.

 

Em 2013, os compradores do Pearl Horizon envolveram-se em confrontos, durante um protesto. Houve agressões a um polícia, que terá perdoado a ofensa.

 

Au Kam San sublinha que a motivação de Sulu Sou com o protesto que deu origem a este caso era demonstrar a insatisfação popular. Em causa, a polémica decisão do Governo de doar 100 milhões de yuan à Universidade de Jinan.

 

O protesto foi organizado em Maio de 2016 e juntou mais de mil pessoas na rua, a pedir a demissão de Chui Sai On. Sulu Sou foi um dos líderes do protesto.

 

Au Kam San frisa que o agora deputado estava a exercer direitos políticos, sem causar conflitos. Para o deputado, as autoridades estão a limitar o direito à manifestação.

 

Sulu Sou está acusado de desobediência qualificada por alegadamente ter contrariado indicações da polícia sobre o trajecto da manifestação. Scott Chiang, ex-presidente da Associação Novo Macau, é também arguido no processo.

 

Sónia Nunes